Programa Escola da Família – Estado de São Paulo

A escola faz parte do cotidiano da família brasileira, no entanto, em muitos casos, as instalações escolares ficam ociosas aos finais de semana, período em que em muitas regiões do Estado de São Paulo, faltam aparelhos culturais e atividades de lazer e entretenimento.

Pensando em juntar essas duas demandas, a Secretaria de Educação criou em 2003, o Programa Escola da Família – Estado de São Paulo, que além de potencializar o uso das escolas, oferece atividades culturais e educacionais à população local, além de fornecer bolsas de estudo para estudantes universitários, que são os agentes realizadores das atividades.

escola da familia

O que é o Escola da Família

A iniciativa proposta pelo Programa Escola da Família do Estado de São Paulo visa promover a integração entre a comunidade em torno das escolas públicas, que durante a semana cumprem sua função pedagógica, e que nos fins de semana, se tornam espaços comunitários de aprendizagem, saber e conhecimento.

Estudantes universitários, profissionais da educação e voluntários são os responsáveis pelas atividades desenvolvidas aos sábados e domingos, que atendem todas as faixas etárias, com ações educacionais, cursos, oficinas, workshops artísticos e outras ações de formação e cidadania.

 

Como funciona

O Programa Escola da Família atua em duas grandes frentes: os estudantes universitários e voluntários, que desenvolvem as atividades, e o público-alvo, ou seja, a própria comunidade onde a escola está inserida. No caso dos universitários, a participação assegura uma bolsa de estudos na instituição na qual está matriculado, e para a comunidade, a participação é gratuita e aberta a todos os segmentos.

 

Como participar do programa Escola da Família

Os alunos interessados em participarem ativamente do Programa Escola da Família – Estado de São Paulo, devem ter disponibilidade para realizar 08 (oito) horas de atividades por fim de semana, e visitar o site oficial do programa para encontrar as demais exigências de participação, que são:

  • Estar matriculado regularmente em uma instituição de ensino superior cadastrada no Programa Escola da Família – Estado de São Paulo
  • Não ter concluído curso de nível superior
  • Ter interesse e disponibilidade para desempenhar atividades correlatas a sua área de formação acadêmica nas Escolas Estaduais ou Municipais, e realizar a carga de 8 horas por fim de semana, dentro do período das 9h as 17h.

 

Inscrições

As inscrições para o Programa Escola da Família são realizadas através do site oficial do programa, bem como todas as outras etapas de seleção e acompanhamento. O primeiro passo é conferir se a instituição de ensino que o pretendente está matriculado faz parte da lista de conveniadas com o Projeto. Essa lista também está acessível no site oficial.

Todo o processo de inscrição é facilitado e simples, sendo realizado no ambiente virtual. Depois de algumas etapas, alguns documentos são necessários e devem ser encaminhados diretamente à escola que irá receber as atividades que o aluno universitário irá desenvolver.

 

Regras do programa

O intuito do Programa Escola da Família é, além de oferecer atividades de contraturno para a comunidade, favorecer os alunos universitários que encontram dificuldades em subsidiar seus estudos, portanto, os critérios para a classificação dos interessados são os seguintes:

1. Renda do candidato (mensal)

2. Renda da família (mensal)

3. Despesas mensais fixas da residência (como aluguel, luz, água e outras)

4. Quantidade de membros da família que residem na mesma casa

5. Número de pessoas que desenvolvem atividade remunerada na residência

6. Tipo de moradia do candidato

Em casos em que haja empate nos critérios de seleção, serão aplicados os seguintes fatores para o desempate dos candidatos ao Programa Escola da Família – Estado de São Paulo:

  • Ter sido voluntário no próprio programa, pelo período mínimo de 12 meses, com atestado emitido pela diretoria de ensino da escola atendida
  • Ser considerado arrimo de família
  • Ter cursado o Ensino Médio em escolas da rede pública
  • O tipo de propriedade da moradia do candidato

A data de inscrição realizada pelo portal oficial do Programa Escola da Família – Estado de São Paulo

Ressaltamos ainda que no ambiente virtual do Programa Escola da Família – Estado de São Paulo, os alunos universitários interessados em fazer parte do programa encontram todas as informações necessárias, além dos editais, da descrição detalhada do programa, depoimentos, a lista de faculdades que fazem parte do convênio e mais uma série de links e informações úteis para os candidatos.

Add Comment