ProUni: O que é e como funciona o programa de Bolsas de Governo

Estudar de graça é o sonho de boa parte dos jovens brasileiros, não é verdade? Atualmente, isto é possível graças aos programas educacionais do governo federal, como Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e também Programa Universidade para Todos (Prouni). Sendo que, o Sisu é voltado para distribuição de bolsa de estudos em universidades públicas e o Prouni destinado à bolsa em instituição de ensino superior privada. Caso esteja pensando em se inscrever, se informar sobre o programa é fundamental para evitar equívocos e situações constrangedoras. Então, quer saber quais os tipos de bolsas oferecidas. Leia o artigo abaixo!

O que é?

O Programa Universidade Para Todos, mais conhecido como Prouni, é um programa federal ligado ao Ministério da Educação que possui o objetivo de conceder bolsas de estudos em instituições educacionais de ensino superior para estudantes de baixa renda que ainda não tenham diploma no ensino superior. O Prouni abre seu processo seletivos duas vezes ao ano. O primeiro processo acontece no mês de janeiro (primeiro semestre), logo após o encerramento da seleção do Sisu. Já o segundo momento de seleção de estudantes ocorre, geralmente, no fim de junho e começo de julho (segundo semestre)

O Prouni é considerado o maior programa de distribuição de bolsas de estudo do País. Para você ter uma ideia da grandiosidade do programa, ele já beneficiou mais de 1,5 milhão de pessoa em todo o território nacional.

Quem pode se inscrever no Prouni

Assim como qualquer outro programa educacional do governo federal, o Prouni também possui algumas diretrizes à respeito do perfil de estudante que pode se inscrever no programa. Para participar é preciso que o estudante tenha obtido um desempenho mínimo de 450 pontos nas provas objetivas e uma nota maior do que zero na redação.

Além dessa pontuação mínimo, o participante deverá se encaixar em algum desse critério abaixo:

  • Ter cursado o ensino médio integralmente escolas públicas;
  • Ter cursado o ensino médio integralmente em escolas particulares com bolsa integral.
  • Ter cursado parte do ensino médio em escolas públicas e outra parte em escolas particulares como bolsista integral.
  • Ser professor contratado de escola pública (no entanto, o mesmo poderá concorrer apenas para cursos de licenciatura, normal superior ou pedagogia).
  • Ser portador de necessidades especiais

Tipos de Bolsa que o Prouni Oferece

Atualmente, o Prouni oferece bolsas de estudos em duas modalidades. Será as informações sobre a renda do grupo familiar que definirá qual tipo de bolsa aquele candidato pode concorrer. Os tipos de bolsa são:

  • Bolsa integral: Esta modalidade de bolsa do Prouni cobre toda a mensalidade do curso escolhida. Portanto, o estudante estudará até o último período sem pagar nenhum valor relativo à mensalidade, assim como não precisará devolver nenhum valor ao governo federal.  A Bolsa integral é destinado aos alunos que possui uma renda familiar bruta mensal de, no máximo, 1,5 salário mínimo por pessoas.
  • Bolsa parcial: Esta modalidade é responsável por cobrir metade do valor das mensalidades. No caso, 50%. Os outros 50% devem ser pago pelo próprio aluno ou também financiar pelo Fundo de Financiamento Estudantil, mais conhecido como FIES. Este tipo de bolsa é destinado as pessoas com renda familiar bruta mensal acima de 1,5 salário mínimo por pessoa, com valor máximo de 3 salários mínimos por pessoa.

Add Comment